Notícias

Planos de aposentadoria: marcação na curva ou a mercado?

Leia o artigo escrito por Edson Jardim, Diretor de Previdência da LUZ Soluções Financeiras.

A discussão sobre a marcação de ativos financeiros praticamente se restringe ao Brasil. Em outros países em que os programas de aposentadoria são promovidos com abordagens e ambientes regulatórios semelhantes, não há o que se falar sobre marcação na curva, mesmo para os planos de benefício definido.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Fintech prepara sistema para automatizar aluguel de ações

Confira a matéria que saiu na Reuters, em setembro.

Recentemente, a Luz Soluções Financeiras, empresa de gestão de risco e consultoria financeira, lançou uma ferramenta digital que possibilita que os usuários interajam diretamente através de um chat, negociem valores e tenham uma referência de preço para ativos de crédito hoje com baixa liquidez.

Clique aqui para ler a matéria.

LUZ e RSM Brasil

A LUZ Consultoria acaba de fechar uma parceria com a RSM Brasil para projetos específicos de consultoria.

O primeiro projeto em conjunto será a implantação do IFRS 9 nas Instituições Financeiras e Corporações, aplicando o conhecimento das duas empresas desde o diagnóstico inicial até a sua efetiva implantação.

Desde 1999 no mercado, a LUZ desenvolve soluções inovadoras para gestão de risco, consultoria especializada e governança. Já a RSM Internacional, é a 6ª maior empresa de auditoria e consultoria independente do mundo, com 800 escritórios em 120 países e mais de 41.400 profissionais.

CNPC aprova PGA por Entidade, como também resolução que dispõe sobre auditoria para EFPCs

Em 06 de dezembro de 2017 foi aprovada por unanimidade, pelo Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC), alteração da resolução que estabelece regras para constituição do Fundo Administrativo do Plano de Gestão Administrativa (PGA).

A resolução apresentada pela Abrapp, estabelece que as Entidades poderão destinar uma parte dos recursos do fundo a ser constituído para cobrir, dentre outras, despesas com prospecção, estudos, implantação de planos e captação de participantes. A alteração permite também a utilização do PGA inclusive nos 5 (cinco) primeiros anos de funcionamento da Entidade.

Para a Abrapp, trata-se de um tema de grande importância, que dará maior musculatura para que as Entidades possam investir na expansão de seus planos de benefício.

Outrossim, foi aprovada pelo CNPC, em mesma reunião, resolução que obriga a implementação de Comitê de auditoria, com membros independente, nas Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC). O intuito da resolução aprovada é fortalecer a supervisão das EFPCs, aumentando o grau de confiança nas demonstrações contábeis das Entidades.

Receita Federal altera normas relativas à prestação de informações financeiras

Foi publicada a Instrução Normativa RFB nº 1.764, de 2017, que altera a Instrução Normativa RFB nº 1.571, de 2 de julho de 2015, que dispõe sobre a obrigatoriedade de prestação de informações relativas às operações financeiras de interesse da Receita Federal, bem como a Instrução Normativa RFB nº 1.680, de 28 de dezembro de 2016, que versa sobre a identificação das contas financeiras em conformidade com o Padrão de Declaração Comum (Common Reporting Standard – CRS).

Clique aqui para continuar lendo.